Identidade e História

RELACIONADAS

Alunos do 2º ano participam de campeonato de xadrez japonês....

As famílias confeccionam cachepots com os prendedores pintados pelas crianças....

Diversas atividades para as turminhas do Berçário!...

Alunos do 8º ano produzem fanzines e uma instalação de alerta sobre a produção de lixo....


Seu filho estará preparado para o mundo?

O futuro desafia. E a resposta a essa questão é uma só: é preciso uma formação completa, responsável e atuante. O conhecimento cultural e científico é só o começo. O processo formativo deve estender à aquisição de valores pessoais. O jovem, ciente de suas potencialidades e responsável por uma atuação crítica, vai ser o adulto com os valores éticos e morais. Esse é princípio do aprendizado do Colégio Emilie de Villeneuve. Uma prática que a instituição segue há 60 anos.

63 anos? Para alguns, o tempo são apenas muitos meses. Para quem leva em conta uma formação humanitária, o tempo ganha outro nome: experiência. O colégio tem história e faz parte dela o compromisso contínuo de aprimoramento. Sua dinâmica segue a do jovem em constante transformação. Do papel e lápis, o aprendizado caminha por teclas do computador e o aluno tem hoje sob seu comando uma tela de LCD que o leva a outra dimensão.

É uma tecnologia que não dispensa atenção. Ela pede um ambiente inovador e criatividade nas propostas de ensino. No cyberespaço ou na sala de aula, o aprendizado deve ser contínuo e transformador, incitando à pesquisa crítica e estimulante, ao desenvolvimento das potencialidades artísticas e esportivas, à formação do cidadão solidário, ativo, sujeito de sua história e de seu tempo.

Madre Emilie de Villeneuve não é apenas o nome do colégio, é carisma inspirador dessa filosofia. De família rica, humilde em seu coração, ao abrir mão de suas posses e seguir a fé religiosa, não deixou de lado sua habilidade de organizar, instruir, fazer o outro aprender e a vencer por seu próprio esforço.

Sua vida é refletida em cada aspecto da escola. Na função social, o colégio estimula relações baseadas no afeto e cooperação; na concepção curricular, propõe a formação integral do educando; na metodologia de ensino é investigativa e desafiadora para que o aluno se aproprie do conhecimento em vista do uso humanitário; no processo avaliativo, considera a significância da aquisição de competências e habilidades.

A congregação fez a diferença quando seguiu às obras sociais na África. O Colégio Emilie faz a diferença ao valorizar o âmbito ético, político e religioso em cada educando.

O colégio, fundado pelas Irmãs Azuis, começou como uma pequena escola. A direção do Instituto Emilie de Villeneuve, como era chamado na época, ficou nas mãos de Madre Saint Yves Poupon. Conhecida no Brasil como Madre Iva, ela já havia fundado, também, o Colégio Notre Dame.

O colégio cresceu, mas sob determinado prisma, segue pequeno ao enxergar de forma individualizada cada aluno. E assim percebe as necessidades específicas e amplia os talentos pessoais, formando um aluno que será um só no futuro, pronto a enfrentar desafios.




 


X
RECUPERAÇÃO DE SENHA
E-mail:
Preencha o campo acima com seu e-mail de cadastro para receber uma nova senha.
Ok