Argila: Descobrindo sensações e possibilidades

17/10/2017

Experimentando com argila
-      Descobrindo sensações e possibilidades –
 
 
Propusemos um contexto no qual o grupo de crianças do Preschool 1 pudesse experimentar a modelagem com argila. Trabalhando sobre a mesa, cada um recebeu um pedaço do material e a instrução de amassá-lo foi dada. Após a exploração inicial, a professora sugeriu que fizessem bolinhas e cobrinhas...
Sentir a umidade, reconhecer que a argila gruda na mão e se acostumar com esta sensação, achatar, apertar, amaciar, alisar, enrolar, fazer bolas grandes e pequenas, trabalhar com os dedos separadamente são algumas possibilidades de contato com o material que permite às crianças descobrir novas formas, linhas, combinações, texturas e movimentos, avançando assim na construção do conhecimento e enriquecendo as produções gráficas.
Dessa maneira, o foco inicial da proposta consistiu em momentos de experimentação e tentativas de representar o que se deseja, utilizando os procedimentos aprendidos com criatividade nas suas produções. Ao longo do processo de experimentação, observamos as diferentes formas com as quais as crianças utilizaram as mãos para “modelar” a argila.
O primeiro contato com material causou estranheza, por ser duro, frio e grudento, difícil de manipular. Depois de acostumarem-se com esta nova textura, os alunos passaram a fazer “modelagens” com mais propriedade e segurança.

 
Grupo 1: Lucas, Ayu, Ana Clara, Pedro Henrique Oliveira, Henrique
 
 
Ayu tentou várias vezes enrolar a massinha na mesa e percebeu que o material grudava na superfície. Prontamente pegou um pedaço e o enrolou entre as mãos, descobrindo um meio para que pudesse manipular a argila.
 
 
 
Ana Clara, separou um pedaço do material e, entre suas mãos, com movimentos coordenados, enrolou uma “minhoca”. Observou atentamente a argila tomando forma e exibiu, orgulhosa sua produção.
 
  
Muito concentrado, Pedro manipula a argila com habilidade e movimentos firmes e finaliza criando um “sapo com olhos grandes”.

Henrique conseguiu manipular a argila somente depois que a professora colocou um pouco de água para deixa-la mais maleável. Depois de sentir o material e explorar diferentes formas de amassá-lo criou várias cobrinhas com as pontas dos dedos e as enfileirou lado a lado.
 

Com grande entusiasmo Lucas trabalhou com o novo material oferecido de forma natural e prazerosa quando, após enrolar e amassar toda a argila na mesa, delicadamente, utilizando as pontas dos dedos modelou uma figura 3D.
 
Constatamos, após observar este primeiro grupo de crianças que a maioria delas, após o primeiro contato com o material, encontraram certa dificuldade em manipular pelo fato de grudar na mesa, encontrou rapidamente uma maneira de modelar entre as mãos e também utilizando as pontas dos dedos para acrescentar detalhes nas suas obras.
Em breve, compartilharemos novas descobertas dos alunos do Preschool 1!
 
Ms. Monika Garcia Campos da Silva

RELACIONADAS

Nos dias 3 e 4 de agosto, os alunos do Middle School participaram de um encontro com a coordenadora e professora do Programa de Língua Portu...

Sabores, contações e emoções com as famílias do Preschool 1 A....

Contações, yoga, música e movimento no Preschool 1 B!...

X
RECUPERAÇÃO DE SENHA
E-mail:
Preencha o campo acima com seu e-mail de cadastro para receber uma nova senha.
Ok