Canadá Experience - 2018

07/03/2018

Canadá experience - 2018

Em fevereiro, os alunos participantes do Short Term Programm, grades 8 e 9, (seis semanas) e do High School (seis meses) dos retornaram de um intercâmbio no Canadá, onde puderam vivenciar a cultura canadense, convivendo com as famílias que os acolheram, estudando em uma escola local e trocando experiências com novos amigos, completamente imersos na Língua Inglesa!
Em entrevista, os jovens dos grades 8 e 9 contaram que antes do embarque estavam ansiosos com a adaptação à nova família. Todavia perceberam que “eles mudaram a rotina deles para nos deixar mais felizes, mas também tivemos que nos adequar ao ritmo deles. Por exemplo, lá jantávamos muito cedo, cerca de 18h. Essa é a intenção do intercâmbio.” (Giulia Mattar – 9ºC)
Contaram que além da melhora na fluência na língua estrangeira, suas autonomia e responsabilidade aumentaram, já que eram encarregados de realizar algumas tarefas e deviam cumpri-las sozinhos. Por esse motivo, sentem-se mais bem preparados para enfrentar os desafios deste novo ano escolar. Nos tempos livres saíram juntos para conhecer lugares turísticos.
Revelaram que a experiência foi tão positiva que pretendem fazer intercâmbios mais longos e, quem sabe, partir para o High School, no ensino médio. E concordaram: “Foi a melhor e mais incrível viagem das nossas vidas!” (Júlia Machado – 9ºC)
 
Já a Giovanna Minoda Rodrigues dos Santos, que participou do High School relatou que:
“Estávamos nos preparando para o intercâmbio desde que entramos no programa High School. Ainda não sei o que cursar depois da escola, mas essa experiência me ajudou a focar nas minhas opções.
O currículo de lá é bem diferente do currículo do Brasil e os componentes são bem diversificados.
Eu gostei de como a equipe me ajudou a me preparar para esta viajem. Fui com um monte de recomendações e papeis, mas sabendo tudo o que me esperava. Foi bem legal!
Fomos bem acolhidos pela escola, alunos e coordenação. Todo mundo sabia o nosso nome e os professores eram bem atenciosos.
Foi muito diferente ficar lá com outra família, outros comportamentos, outras comidas. E com isso eu também voltei bem diferente e mais independente. Parece que eu descobri outras personalidades em mim e estou tentando me encontrar, me definir.
Vou me formar com a dupla certificação no Emilie, ingressar em uma faculdade no Brasil e só depois fazer uma especialização fora, no Canadá ou Estados Unidos.
Recomendo para todo mundo! É uma experiência que te ajuda bastante na escola, na vida profissional e, também, como pessoa. Ela te ajuda a se achar.”

RELACIONADAS

Nenhuma notícia relacionada
X
RECUPERAÇÃO DE SENHA
E-mail:
Preencha o campo acima com seu e-mail de cadastro para receber uma nova senha.
Ok