4º ano - Escambo gastronômico

04/05/2018

Escambo gastronômico
 
            Faz parte da nossa rotina diária pagarmos por qualquer bem ou serviço, fazendo uso de moeda, que pode variar de acordo com o lugar onde se vive, mas o princípio é exatamente o mesmo, o de intermediário para facilitar as trocas. 
Os alunos do 4º ano estudaram que existiam sociedades nas quais a moeda, como a entendemos, era coisa inexistente. Isso valia, por exemplo, para os povos indígenas do Brasil que viviam nas áreas litorâneas. Após a chegada dos portugueses, as relações comerciais que se estabeleceram foram baseadas em escambo, ou seja, a troca direta de uma mercadoria por outra, sem o uso de moeda.
Surpresa maior foi quando eles descobriram que o escambo não está “fora de moda” e que atualmente as pessoas têm trocado mercadorias como uma inteligente forma de poupar e também de gerar menos lixo.
            Para vivenciar a relação do escambo, foram convidados a participar de um escambo gastronômico, sendo assim, deveriam preparar um lanche caprichado e saudável para um colega. No dia do escambo, foi interessante ver o cuidado com o preparo de um lanche para o outro além das novas experiências daqueles que saborearam algo pela primeira vez.
            Desta forma o escambo foi vivenciado e um saber vivido certamente não será esquecido! Confira como foi este momento a partir dos depoimentos dos alunos:
 
 
           
            “Para entender como o escambo funcionava fizemos trocas com os nossos lanches. Foi bem divertido, mas acho que para os índios não era, pois esta troca não era justa e eles recebiam objetos sem valor.”
Maria Eloah
 
            “Na época em que não havia dinheiro muitas trocas eram realizadas. Fizemos o escambo gastronômico para perceber como essas trocas aconteciam e foi muito interessante!”
Rafaela Brasil
 
            “Eu adorei o escambo! Troquei vários alimentos e comi bastante... gostaria de participar de um escambo novamente, foi divertido.”
Laura Taques
 
            “Eu aprendi que escambo é a troca sem usar uma moeda (dinheiro). Eu adorei participar do escambo gastronômico!”
Giovana Ishikawa
 
“O escambo gastronômico foi muito legal e me diverti demais! Eu trouxe um sanduíche e troquei com o Luigi. O escambo gastronômico foi importante para nossos estudos.”
 Enrico Lima
 
“Eu troquei muita comida e todas foram gostosas. Aprendi que é muito legal fazer escambo. Escambo é a troca de alguma coisa tipo comida e figurinha.”
 Nicolas Coelho
 
“Foi bem legal e eu aprendi que o escambo pode ser de gastronomia, eletrônicos e outras coisas. Nesta relação não usamos dinheiro.”
Jorge Trigo
 
“Eu gostei de fazer porque houve muita interação e eu aprendi que o escambo é uma troca. Os portugueses e indígenas faziam o escambo na época das grandes navegações.”
Nina Jonen
 
Professoras do 4o ano

RELACIONADAS

O 2º ano EF trabalha diferentes técnicas de resolução de problemas....

Confira as fotos desta manhã de aprendizagem!...

Os alunos do 5º ano se reuniram na manhã do dia 30 de outubro para um encontro especial....

X
RECUPERAÇÃO DE SENHA
E-mail:
Preencha o campo acima com seu e-mail de cadastro para receber uma nova senha.
Ok