Conta armada? Agora não!

26/04/2018

Conta armada? Agora não!


O trabalho com a resolução de situações-problema acontece desde a Educação Infantil. Com o passar do tempo, as crianças vão se apropriando das noções de adição, subtração, multiplicação e divisão por meio de brincadeiras, jogos e situações-problema.

No 2° ano do Ensino Fundamental, intensifica-se o trabalho com o cálculo mental e os procedimentos pessoais de resolução que acontecem  de diferentes maneiras, como  desenhos, uso de material concreto, decomposição numérica entre outros. Por meio do painel de soluções, os alunos socializam as diferentes maneiras de pensar e resolver problemas para que percebam que existem várias estratégias para chegar ao mesmo resultado.

No primeiro bimestre, o foco do trabalho com a resolução de problemas está  na  adição e subtração. Os alunos testam, compararam e aprimoram as  técnicas pessoais de resolução. Nesse sentido é de fundamental importância que eles entendam as ideias envolvidas nos cálculos antes da sistematização por meio dos algorítmos convencionais (conta armada) que envolvem entendimento do quadro de ordens (unidade, dezena e centena). Após a compreensão dos sistema de numeração decimal, será desenvolvido um trabalho para que o algoritmo faça sentido e tenha significado para os alunos. 

 

Alessandra Fujie, Flávia Ferreira, Juliana Vechi, Monica Francischetti, Solange Toyota e Vilma Sampaio
Professoras das turmas de 2º ano EF

RELACIONADAS

Participe desta campanha e seja 10 contra o desperdício!...

Participe de nossa festa de solidariedade e confraternização!...

Ao retornar do Carnaval, os alunos encontraram um Boulevard diferente....

Ter este contato com a natureza permitiu que os alunos desenvolvessem o espírito investigativo para entender a influência dos seres humanos ...

X
RECUPERAÇÃO DE SENHA
E-mail:
Preencha o campo acima com seu e-mail de cadastro para receber uma nova senha.
Ok