Ler para escrever, escrever para ler

26/11/2018

Ler para escrever, escrever para ler
 

Da roda de leitura à autoria de um livro, o curso de Língua Portuguesa do 6º ano utilizou diferentes estratégias a fim de incentivar os alunos a ler e a escrever com prazer, autonomia e usando a norma-padrão.

A escrita clara e coerente nos possibilita comunicar, compartilhar ideias e registrar experiências. A escrita está presente em diferentes momentos da vida. Escrevemos com diversas finalidades.

Ao longo do ano, foram propostas situações que tiveram como objetivos o desenvolvimento e a apropriação da habilidade de escrita. As produções foram realizadas em etapas que perpassaram pelo planejamento do texto, escrita de rascunhos, revisões – individual, por pares e pela professora – e versão final. Esse foi o caminho proposto para o desenvolvimento do aluno como escritor competente, estimulado a pensar sobre o que quer comunicar, a refletir sobre a adequação das palavras e da estrutura em relação ao gênero produzido. E para ser um escritor competente é preciso ser leitor.

Por meio da leitura o aluno amplia seu repertório, desenvolve seu senso crítico, seu vocabulário, aprimora sua escrita e estimula sua criatividade, dando-lhe recursos diversos para descrever o mundo e se expressar. Ler é uma atividade de interação entre leitor, autor e texto. Visando o sucesso dessa interação, atividades instigantes aconteceram de forma a tornar o processo de leitura e escrita prazeroso para o aluno. Não apenas as atividades foram planejadas cuidadosamente, como também as leituras foram escolhidas com atenção. Títulos clássicos, como Viagem ao centro da Terra, e obras modernas, como Férias na Antártica, foram escolhidos para fazer parte das leituras adotadas, as quais contaram com o acervo da nossa biblioteca para enriquecer o processo. Os alunos foram encorajados, por meio de atividades variadas – adivinhas, gincanas e leituras relacionadas ao tema do livro selecionado –, a querer conhecer o assunto, participar da leitura, das discussões, a ler e a socializar as impressões sobre as histórias.

Com muito trabalho e seriedade, nossos protagonistas estão preparados para os desafios que estão por vir.
 

 
Fernanda Almeida, professora de Português

RELACIONADAS

Os alunos do 6º ano e seus pais guardam seus sonhos e desejos em uma garrafa....

O projeto em parceria com a Associação para Desenvolvimento, Educação e Recuperação do Excepcional tem como objetivo possibilitar aos estuda...

Alunos do Emilie na 25ª Bienal Internacional do Livro de São Paulo....

Patins e skate para as turmas do 3º ao 6º ano....

X
RECUPERAÇÃO DE SENHA
E-mail:
Preencha o campo acima com seu e-mail de cadastro para receber uma nova senha.
Ok