História da Educação no Brasil

29/06/2017

Mestrado - História da Educação no Brasil


Pesquisar sobre a História da Educação no Brasil significa abrir um universo de possibilidades investigativas com a intenção de compreender diferentes aspectos da formação de professores, da formação dos sistemas de ensino e dos currículos e da cultura escolar, uma tarefa árdua, mas extremamente prazerosa e gratificante por descortinar aspectos dessa formação que nos ajudam a compreender nossa realidade educativa.

O presente trabalho debruçou-se sobre compêndios de formação de professores do final do século XIX e começo do século XX, evidenciando saberes e práticas legitimadas e estabelecidas no período que descortinam culturas escolares que influenciaram a constituição da escola e do campo pedagógico no Brasil. Partindo da categorização de impressos de formação de professores, utilizados no curso da Escola Normal como fonte prescritiva de modelos de sucesso a serem aplicados, encontramos impressos que se configuraram como Guias de Aconselhamento, constituintes de Bibliotecas e Tratados de Educação, embasando cientificamente os métodos, fins e ideais de educação veiculados e orientam uma forma de pensar e de agir dos professores em formação. 

O período entre a década de 1870 e meados da década de 1930 compreende uma época de profundas mudanças na escolarização brasileira, em que se consolida a busca pela padronização da formação de professores e constitui-se o campo pedagógico e de produção de conhecimento sobre educação. É neste contexto histórico que os impressos de formação de professores surgem para embasar práticas e divulgar modelos escolares assumidos pela escola brasileira para os sistemas de ensino. 
Seu estudo permitiu compreender a materialidade do impresso como orientadora da leitura e interpretação dos conhecimentos e ideais ali defendidos, a forte defesa de métodos ativos na educação e do método mútuo como forma de organização da escola, por meio de materiais, modelos e práticas educativas embasadas especialmente na psicologia,  e as orientações da prática docente que configuraram uma constituição da identidade do professor, dentro e fora da escola, como exemplo de bondade, moral e virtude a ser seguido.

Esse trabalho vem somar e agregar a tantos outros, contribuindo para a compreensão do que foi a formação de professores no Brasil e o papel dos impressões, compêndios e manuais de formação de professores na constituição da educação no país nesse período. 


 
Liliane Maria de Oliveira, professora polivalente do 5º ano


 

RELACIONADAS

Formação e atualização na BEST - Bilingual Education Summit....

Estudo e conhecimento para sempre ver nos alunos além do que os olhos enxergam....

Professor Marcelo Menuzzi defendeu seu mestrado no dia 03.08.2016...

X
RECUPERAÇÃO DE SENHA
E-mail:
Preencha o campo acima com seu e-mail de cadastro para receber uma nova senha.
Ok