Últimas aquisições

RELACIONADAS

Participe da partilha de livros didáticos e de leitura complementar....

A escola, como parte da sociedade, repercute fortemente seus temas, polêmicas e debates. Por isso, é muito importante refletirmos sobre o pa...

A 1ª série organiza uma campanha para arrecadação de livros para a OSCIM....

Baby Narra especial para o dia das crianças!...


Confira as últimas aquisições da Biblioteca Machado de Assis!
 
 
Eu, Malika Oufkir, prisioneira do rei

 
Malika Oufkir foi criada como uma princesa. Filha do chefe do exército e da polícia secreta do Marrocos, no início da década de 50 ela foi adotada pelo rei Mohammed V e, depois da morte dele, por seu filho Hussein II. Morou em palácios, recebeu uma educação refinada e se acostumou a conviver com reis e artistas de cinema. Um dia, porém, quando seu verdadeiro pai, Mohamed Oufkir, tentou um golpe de Estado para derrubar Hussein II, essa vida de sonhos acabou. Seu pai foi assassinado e ela, a mãe e seus cinco irmãos foram levados para uma prisão em algum lugar do Saara. Durante vinte anos eles viveram em condições desumanas, submetidos a toda sorte de humilhações, até conseguirem escapar. Esta é a história que a própria Malika e a jornalista francesa Michèle Fitoussi narram neste livro, um verdadeiro conto de fadas às avessas em pleno século xx."

 
Conto de Aia

 
Escrito em 1985, o romance distópico O conto da aia, da canadense Margaret Atwood, tornou-se um dos livros mais comentados em todo o mundo nos últimos meses, voltando a ocupar posição de destaque nas listas do mais vendidos em diversos países. Além de ter inspirado a série homônima (The Handmaid’s Tale, no original) produzida pelo canal de streaming Hulu, a ficção futurista de Atwood, ambientada num Estado teocrático e totalitário em que as mulheres são vítimas preferenciais de opressão, tornando-se propriedade do governo, e o fundamentalismo se fortalece como força política, ganhou status de oráculo dos EUA da era Trump. Em meio a todo este burburinho, O conto da aia volta às prateleiras com nova capa, assinada pelo artista Laurindo Feliciano.

 
A loja dos suicidas

 
Imagine uma loja onde são vendidos, há dez gerações, todos os produtos possíveis e imagináveis para se suicidar. As opções são infinitas: desde bombons envenenados até balas de revólver e cordas de enforcamento. Esta é a famosa Loja dos Suicidas da família Tuvache. Determinada a manter sua tradição e excelência de atendimento e qualidade, essa pequena empresa familiar prospera na tristeza e no humor negro até o abominável dia em que surge um adversário impiedoso: a alegria de viver! Alan o filho caçula, parece entender tudo ao contrário. Sempre com um sorriso no rosto e uma palavra carinhosa, ele tenta de todas as maneiras convencer os clientes - e até sua família - de que a vida vale a pena.

 
O diário de Myriam

 
A guerra da Síria já deixou quase meio milhão de mortos e fez com que metade da população síria se tornasse um imenso e desorganizado exército de 12 milhões de refugiados. É pelos olhos de Myriam, na passagem da infância à adolescência, que acompanhamos a rotina de medo - e também de esperança - em um dos conflitos mais devastadores da história recente. Um relato, revelador, que remete à toda tensão e emoção do clássico O diário de Anne Frank.

 
Coelho 13º e o olho que tudo vê

 
Coelho 13º é o carregador de malas, camareiro, zelador e faz-tudo do hotel de sua família. Como único representante vivo da décima terceira geração dos Coelho, ele é o responsável por manter de pé a mansão antiga que já foi abrigo de hóspedes célebres e hoje é um edifício velho, empoeirado e vazio — além de ser o esconderijo de uma relíquia mágica conhecida como o Olho Que Tudo Vê. Agora, Coelho precisa encontrar o tal Olho de qualquer jeito, ou tudo que seus antecessores construíram ao longo de décadas irá por água abaixo.

 
A vida acidentada de um vampirinho e outras aventuras de Draculinha 

 
Os Morcegal são uma família muito estranha... de vampiros assustadores! Tem o pai, Draculão, sempre preocupado com as contas. Tem a mãe, Draculeta, que enche os filhos de mimos. Tem a irmã mais velha, Dracunilda, que se acha meio incompreendida. E tem, claro, Draculinha, o caçula, que vive armando as maiores confusões. Eles moram em Transilvânia City, sonham em passar as férias na Draculândia e adoram ver filmes produzidos em Hollyblood. A clássica coleção de Carlos Queiroz Telles e Eneas Carlos Pereira em um único volume.

 
O mágico do barro preto 

 
No povoado de Barro Preto nasce Papamama, um menino com poderes sobrenaturais. Desde o primeiro dia ele transforma a vida dos que o cercam com dons incríveis, passando a ser cultuado por todos, convertendo-se, ainda criança, numa divindade local. A vida de divindade, porém, não lhe agrada, e o menino resolve sair para conhecer o mundo. Em toda parte descobre a mesma verdade: "a inutilidade de ser mágico, num mundo de gente violenta, insensível e idiota". E é em sua comunidade que surge quem quer antagonizá-lo: Titum. Menino como ele, Titum descobre o segredo dos poderes de Papamama e se faz também poderoso, mas usará seus poderes para fins terríveis. Na luta entre Papamama e Titum está o destino não apenas da comunidade de Barro Preto, mas do mundo inteiro.

 
Princesas, bruxas e uma sardinha na brasa

 
Vilã ou heroína? Bruxa, princesa, camponesa, conselheira ou madrasta? Ou todas elas? Nos contos de fadas, as personagens femininas costumam ser entregues em casamento a quem mal conhecem, sofrem muito, não têm direito a dar opinião nem a escolher o seu futuro. E tudo isso só porque nasceram mulheres. 'Princesas, bruxas e uma sardinha na brasa' nos faz refletir sobre essas questões e também nos mostra como os homens podem ser aliados no processo de mudanças. São histórias que divertem, emocionam e ainda nos fazem ver que há muito a ser feito para que as mulheres também sejam donas dos próprios finais felizes.

 
Campos de morangos

 
Campos de Morangos narra a aventura de quatro amigos que, iludidos com a promessa de estudar fora do país, deparam com a realidade cruel da exploração do trabalho escravo. Amor, amizade e determinação fazem parte da história destes jovens, que lutarão com todas as suas forças para recuperar o bem mais precioso do homem: a liberdade.

 
Miniaturista

 
"No outono muito frio de 1686, Nella Oortman, de 18 anos, chega em Amsterdã para começar uma nova vida como esposa do ilustre comerciante Johannes Brandt. Mas sua nova casa, apesar de esplendorosa, não é acolhedora. Johannes é gentil, porém distante; sempre trancado em seu escritório ou no depósito onde guarda seus produtos, deixa Nella sozinha com a irmã dele, a maliciosa e ameaçadora Marin. A jovem não consegue se aproximar do marido e parece que o casamento nunca será consumado. Mas o mundo de Nella muda quando Johannes lhe dá um extraordinário presente de casamento: uma réplica da casa deles em miniatura. A maquete é exatamente como a casa em que moram, com os mesmos quadros, tapeçarias e objetos de arte. Para mobiliar a casinha, Nella contrata os serviços de um miniaturista — um artista furtivo e enigmático, cujas criações são cópias perfeitas dos móveis e objetos da casa. O artesão envia a Nella itens finamente talhados, alguns que nem sequer foram requisitados, e bonecos que repetem e algumas vezes predizem os acontecimentos da cada vez mais estranha vida de Nella na casa.O presente de Johannes ajuda a esposa a compreender o mundo da família Brandt, mas, à medida que ela descobre seus segredos, começa a temer os perigos crescentes que os cercam. Nessa sociedade religiosa e repressiva, em que o ouro só é menos venerado que Deus, ser diferente é uma ameaça às morais e nem um homem como Johannes está livre. Apenas uma pessoa parece capaz de enxergar o futuro que os aguarda. Seria o miniaturista a senha para a salvação ou o arquiteto da destruição?"

 
Todo mundo é misturado

 
Pablo, o novo menino da classe de Júlia, é boliviano. Curiosa, ela logo quer saber mais sobre ele, mas seus colegas de classe não tem uma opinião tão favorável sobre o aluno novo que veio de longe. Uma série de mal entendidos e palavras trocadas em português e espanhol armam um cenárionada amigável para Pablo. Será que Júlia conseguirá ajudar o novo amigo e fazer todos entenderem que, no fundo, somos todos misturados?

 
Capitão cueca e o livro supercrocante da diversão

 
Se você não sabia qual seria o livro das férias (do feriado, dos fins de semana, do recreio) não  precisa mais se preocupar: Jorge e Haroldo estão de volta para mais diversão na companhia do Capitão Cueca, o herói mais cuequento de todos os tempos! Capitão Cueca e o livro supercrocante da diversão traz jogos inéditos, baseados na coleção As Aventuras do Capitão Cueca – que, só no Brasil, já vendeu mais de 350 mil exemplares e em breve vai virar filme. Inspirados em personagens e conflitos da série, há caça-palavras, passo a passo para desenhar os personagens, labirintos e cruzadinhas. E para você se tornar mestre em todas as artes, o livro inclui piadas, pegadinhas, uma aventura em que o personagem principal é você mesmo e uma aula – pasme– para aprender a fazer o seu próprio vire-o-game. E pra quem disse que não haveria aventuras, uma história em quadrinhos inédita de Jorge e Haroldo: Peter Pum e a cueca da justissa! A cereja do bolo é a incrível cartela de adesivos que acompanha o volume.

 
Capitão cueca e a saga sensacional do Fedor, o gigante

 
Depois de muita escatologia, viagens no tempo e vilões fedorentos – mas também de bastante reflexão sobre o sistema educacional e o tratamento dispensado à infância –, é chegada a hora de se despedir do amado herói de cuecas. E prepare-se porque na última aventura as coisas ficam ainda piores. Jorge e Haroldo e suas cópias, Jorge e Haroldo de ontem, estão felizes da vida. Enquanto dois deles vão para a escola, os outros dois passam o dia na casa na árvore jogando videogame. Tudo parece ter voltado ao normal. Mas algo não cheira bem na Escola Jerome Horwitz. Algo mais fedido que meias de ginástica podres. Estamos falando do professor de educação física, o Sr. Edomal, que criou uma fórmula terrível, capaz de transformar a criança mais rebelde em um escravo obediente e submisso.Para se livrar da enorme nuvem marrom e fétida que cobre toda a cidade, só mesmo com a ajuda de adultos, os únicos imunes aos efeitos do Matacria 2000®. Como só há dois adultos confiáveis – os próprios Jorge e Haroldo quando mais velhos –, a única saída é viajar no tempo e recorrer a eles mesmos no futuro. Agora, o destino de toda a humanidade está nas mãos de Jorge, Haroldo, Jorge de Ontem, Haroldo de Ontem, Jorge Velho e Haroldo Velho.É hora de curtir a última aventura do Capitão Cueca. A ultimíssima, limpíssima, adequadíssima e nadica ofensiva aventura – com exceção de certa geleca nojenta que atende pelo nome de Fedor, o Grande, na maior e mais pútrida confusão que o mundo já viu.

 
Onde está o suricato? Uma viagem no tempo

 
O que acontece quando uma família de suricatos entra em uma máquina do tempo? Confusão de proporções históricas! Com o jovem suricato Maxwell nos controles, a família parte em uma incrível jornada, e só você pode identificá-los nas imagens dos períodos históricos. Eles visitarão antigos egípcios, bravos cavaleiros, vikings selvagens e muito mais.

 
M M M M M: Mônica e o Menino Maluquinho na montanha

 
A Mônica e o Menino Maluquinho encontram em suas barras de chocolate os desejados bilhetes dourados que dão direito a um prêmio incrível: visitar a Montanha Mágica! Os sortudos ainda podem convidar quatro amigos para viajar com eles e conhecer esse lugar fantástico! A Mônica escolhe   seus melhores amigos: Cebolinha, Cascão, Magali e Franjinha, que leva também o Bidu. O Menino Maluquinho, para não ter encrenca, faz um sorteio. Os ganhadores são: Julieta, Bocão, Junim e Lúcio. As duas turmas se encontram e vivem uma emocionante aventura, enfrentando perigos, fazendo grandes descobertas e selando uma amizade eterna. Mas a principal surpres, como em todo bom livro, ficará mesmo para o final!

 
Manual do desafio ninja

 
Saudações, gafanhoto Pinguim tem o que precisa para se tornar um ninja? Este livro vai testar suas habilidades com testes e quebra-cabeças. Aqui, aprenderá a dominar os elementos e o caminho para ser um ninja encontrará.

 
Authentic games: a batalha da torre

 
Um sequestro misterioso coloca o nosso herói "Authenticgames" em uma grande enrascada, e ele vai precisar de ajuda para sair dessa. Mas ele sabe que pode contar com um grande amigo para salvá-lo: você! Prepare-se para destruir aranhas, acabar com creepers e derrotar tantos outros mobs aterrorizantes para libertar o Authentic dessa confusão. Uma dica: mantenha os olhos bem abertos para encontrar todas as pistas que aparecerem pelo caminho. Só assim você vai conseguir desvendar esse mistério! Escolha uma armadura bem resistente, pegue a sua espada mais poderosa, reúna toda a coragem que puder e comece já o caminho de A Batalha Da Torre, o primeiro livro de uma trilogia eletrizante e cheia de aventura!

 
Informe do planeta azul e outras histórias

 
Não tem quem resista a um texto de Luis Fernando Verissimo. Com o seu humor inigualável e seus personagens impagáveis, ele transforma situações triviais em irreverentes reflexões sobre a condição humana, em crônicas que são garantia de boas risadas. Em Informe do Planeta Azul e outras histórias, o leitor encontrará mais de quarenta textos curtos, de leitura rápida e divertida, que abordam as cenas mais simples do nosso dia a dia daquele jeito que só Verissimo sabe fazer.

 
Zé Perri: a passagem do pequeno príncipe pelo Brasil

 
Em um texto multifacetado, Claudio Fragata conta, com ares de crônica literária e poesia romântica, as pegadas que Saint-Exupéry, autor de O Pequeno Príncipe, deixou pelo Brasil. O leitor mergulhará, com prazer e surpresa, na inesperada relação entre Exupéry e um simples pescador, e descobrirá um pouco mais sobre esse autor tão querido da literatura mundial.


 
Amoras

 
Na música "Amoras", Emicida canta: "Que a doçura das frutinhas sabor acalanto/ Fez a criança sozinha alcançar a conclusão/ Papai que bom, porque eu sou pretinha também". E é a partir desse rap que um dos artistas brasileiros mais influentes da atualidade cria seu primeiro livro infantil e mostra, através de seu texto e das ilustrações de Aldo Fabrini, a importância de nos reconhecermos no mundo e nos orgulharmos de quem somos — desde criança e para sempre."Um livro que rega as crianças com o olhar cristalino de quem sonha plantar primaveras para colher o fruto doce da humanidade.

 
Donana e Titonho

 
Donana e Titonho não enaltece a pobreza nem a desdenha, mas conta a história de brasileiros, sem maquiagem. O olhar narrativo vê, com poesia filosófica, a crueza da vida marcada de uma realidade nua. A história triste é compensada pelo ritmo alegre dos versos, sugerindo, quem sabe, uma circularidade à moda dos mitos, onde a vida só nasce depois que é experimentada a morte, simbolicamente. Surge um signo de esperança, mas não sem a preservação da consciência da realidade. Donana e Titonho é uma narrativa que emociona, na qual a linguagem é cuidadosamente trabalhada. Linda poesia, lapidada com o melhor requinte do trato da língua portuguesa, com sotaque de Brasil. As ilustrações de André Neves emolduram com traços fortes e sensíveis a narrativa, em que texto e imagens dão voz a Donana e Titonho.

 
Esquadrão curioso

 
Um ataque de discos voadores, um telefone celular com oitocentos anos de idade, uma capa que deixa qualquer um invisível e baleias despencando dos céus. Alunos do Colégio Pedro Alvares Cabral resolvem criar o Esquadrão Curioso para desvendar notícias falsas que aparecem nas redes sociais. Eles se saem tão bem que isso incomoda o criador dos posts mentirosos. O maléfico Fake Nilson, com seus mirabolantes disfarces, tenta de todas as formas atrapalhar as investigações de Isa, Pudim e Leo, colocando a vida dos três em perigo. Com entrada de Débora na equipe, surge a grande oportunidade de desmascarar o vilão e revelar sua verdadeira identidade.

 
Naquele ano

 
Leonardo, Joaquim e Jonas eram um trio de amigos inseparáveis. Não se conheciam há muitos anos, mas as afinidades eram tantas que eles não imaginavam mais a vida sem aquela parceria.Até que um dia, o pai de Jonas recebe uma proposta de trabalho em outra cidade e o jovem comunica aos amigos que irá mudar-se com a família. Joaquim aceita a mudança de forma positiva, porém Leonardo, conhecido como Tipo, por falar muito essa gíria, fica transtornado.Leonardo sente a mudança como uma perda e cai em tristeza profunda. Com o passar dos dias, a mudança de Jonas se aproximando, os amigos tentam aproveitar a companhia um do outro da melhor forma possível. Leonardo, porém, fecha-se em seu mundo e acaba virando um alvo fácil para um aluno da escola que traficava drogas. Em um ano, a vida de Leonardo se transforma. Totalmente entregue ao vício não consegue reagir à ilusão que a droga proporciona. Porém, sua família, Joaquim e Jonas se unem e lutam para ajudá-lo a vencer o vício. Com a ajuda e o amor da família e dos amigos, Leonardo é internado em uma clínica para dependentes químicos e entra em processo de recuperação. O poder da amizade verdadeira e o amor de sua família ajudam o jovem a vencer as drogas e a compreender que a vida pode mudar radicalmente em pouco tempo.

 
O menino que tinha muito medo, mas muito medo

 
O conto apresenta linguagem lúdica, imagens fantasmagóricas, mas carregadas de humor e nonsense. Tudo cheio de fantasia em contraste com o enorme medo que o personagem tinha. Essa forma humorada e caótica de lidar com o medo revoluciona a cidade onde se passa a história, as pessoas e o medo. As soluções encontradas para vencer o medo são interessantes, o estapafúrdio ganha espaço no desenrolar da trama e é o que vai "resolver a questão do medo. As ilustrações imprimem um dinamismo e um passeio por diferentes focos e perspectivas. As imagens trazem movimento e surpresas, a saber, elementos não mencionados no texto, sem, no entanto, trair a proposta da história. A linguagem verbal e não verbal comunga de uma ideia que é comunicar a história com inventividade.A obra proposta é bem recomendada às crianças, pois trabalha um sentimento universal que é o medo. Sem culpas, sem lições de moral, mas com propostas cheias de humor e de fantasia. Um bom modo de as crianças mergulharem no universo dos sentimentos desconhecidos, sem explicação.

 
Orquestra: uma introdução para crianças

 
Na apresentação de uma orquestra, ouvimos dezenas de instrumentos que, embora pareçam tocar notas diferentes, seguem todos na mesma direção. Como isso é possível? Conheça as características de cada instrumento, a história da música orquestral, quem foram os grandes compositores de todos os tempos e as peças que eles criaram. Durante a leitura, você ainda poderá ouvir as composições clássicas que estão no CD que acompanha o livro! A versão brasileira tem a consultoria do maestro João Maurício Galindo.

 
Só garotos

 
Tem gente que nasce rebelde. Lendo a história de Zelda Fitzgerald, identifiquei-me com seu espírito insubordinado. Lembro de passear com minha mãe olhando vitrines e perguntar por que as pessoas não chutavam e quebravam aquilo." É com esse tom franco e irreverente - e ao mesmo tempo doce e poético - que Patti Smith revive sua história ao lado do fotógrafo Robert Mapplethorpe, enquanto os dois tentavam ser artistas e transformar seus impulsos destrutivos em trabalhos criativos.Crescida numa família modesta de Nova Jersey, Patti trabalhou em uma fábrica e entregou seu primeiro filho para adoção, antes de se mandar para Nova York, com vinte anos, um livro de Rimbaud na mala e nada no bolso. Era o final dos anos 1960, e Patti teve de se virar como pôde: morou nas ruas de Manhattan, dividiu comida com um mendigo, trabalhou e dormiu em livrarias e até roubou os colegas de trabalho, enquanto conhecia boa parte dos aspirantes a artistas que partilhavam a atmosfera contestadora do famoso "verão do amor". Foi então que conheceu o rapaz de cachos bastos que seria sua primeira grande paixão: o futuro fotógrafo Robert Mapplethorpe, para quem Patti prometeu escrever este livro, antes que ele morresse de aids, em 1989. Só garotos é uma autobiografia cativante e nada convencional. Tendo como pano de fundo a história de amor entre Patti e Mapplethorpe, o livro é também um retrato apaixonado, lírico e confessional da contracultura americana dos anos 1970, desfiado por uma de suas maiores expoentes vivas. Muitas vezes sem dinheiro e sem emprego, mas com disposição e talento de sobra, os dois viveram intensamente períodos de grandes transformações e revelações - até mesmo quando Robert assume ser gay ou quando suas imagens ousadas e polêmicas começam a ser reconhecidas e aclamadas pelo mundo da arte. Ao refazer os laços sinceros de uma relação muito peculiar, Patti Smith revela-se uma escritora e memorialista de grande calibre - e o modo como seu texto reflete a lealdade dos dois é comovente, apesar de todas as diferenças. Pincelado com imagens raras do acervo de Patti Smith, Só garotos pode ser lido como um romance de formação de dois grandes artistas do século XX, que apostaram na ousadia, na liberdade e na beleza como antídotos à massificação - e contra todas as recomendações."O retrato mais fascinante e divertido da descolada-mas-chique Nova York do final dos anos 60 e começo dos 70." Tom Carson, The New York Times"


 
As vantagens de ser invisível

 
Manter-se à margem oferece uma única e passiva perspectiva. Mas de uma hora para outra sempre chega o momento de encarar a vida do centro dos holofotes. A luta entre apatia e entusiasmo marca o fim da adolescência de Charlie nesta história divertida e ao mesmo tempo instigante.

 
Numa fração de segundos

 
Andrei tinha acabado de completar 19 anos, quando um trágico acidente de carro muda tudo, da noite para o dia, numa fração de segundos. Ao perder seu melhor amigo e ficar paraplégico, ele tem que reaprender a viver. Nessa jornada nada fácil, repleta de mudanças e desafios, surge o esporte e novas amizades, trazendo motivação e força para superar todos os obstáculos.

 
Olha que eu viro bicho... de jardim!

 
Joaninha usa pijama de bolinha? Borboleta voa com o xale colorido da vovó? Minhoca rebola? Será que a centopeia empresta um de seus pés? Afinal, ela tem tantos, não é? No novo livro de Lalau e Laurabeatriz, o leitor encontra uma série de curiosidades sobre o mundo dos insetos. Com doçura, encantamento, cores, ficção e não ficção, a obra – repleta de poesia visual e verbal – é um convite para conhecer alguns dos bichos mais adoráveis do jardim.

 
Poemas da minha terra tupi

 
Jaguaré, jururu, pirão e pororoca...Toda criança brasileira, quando aprende a falar, aprende também um bocado de palavras de origem tupi. São palavras que falam da paisagem, dos bichos, das plantas e do jeito de ser da gente daqui. E não é que muitas delas vieram passear nos versos singelos deste livro de poemas, esperando que o leitor as reconheça? Com texto e ilustrações de Maté, Poemas da minha terra tupi celebra, com curiosidades, histórias, cor e alegria, o significado de muitas palavras e expressões que usamos no dia a dia, 38 das quais são apresentadas em um glossário, no final do livro.

 
ABCDespaço

 
Nem todas as letras do alfabeto juntas dão conta de escrever a infinitude do universo, percorrer as distâncias entre as estrelas ou desvendar os mistérios da criação. Mas é divertido tentar!


 
Este livro está te chamando (não ouve?)

 
Não é nenhuma novidade que os livros têm vozes lá dentro. Algumas falam, outras cantam, outras gritam… e outras sussurram. Neste livro, há uma voz que chama o leitor com insistência, uma voz que ora se aproxima, ora se afasta, e que parece empenhada em confundir e fazê-lo chegar a lugar nenhum. De quem será esta voz? E onde ela te levará? Para descobrir, você terá de atravessar uma floresta, um rio e uma tempestade e seguir as pistas deixadas pelo caminho. No final, talvez chegue à conclusão de que grandes amigos não se fazem às pressas, a confiança não se conquista num piscar de olhos e um amigo exige tempo e paciência. Preparado para viver esta aventura? Este livro imperdível da editora portuguesa Planeta Tangerina proporciona ao mesmo tempo diversão e reflexão sobre o livro como objeto e o ato da leitura como uma relação de confiança entre autores e leitores.

 
Cinco girafas num foguete

 
Se você gosta de histórias e de rimas, se acha que a fantasia com alegria combina, se gosta de contar estrelas no céu, se acredita que ler é bom pra dedéu, se ama bichos espertos e pescoçudos, se acha que ler é viajar por vários mundos, então te apresentamos este livro legal, tem astronautas e uma nave espacial, nela se encontram cinco girafas, cinco Marias, elas viviam no espaço, ora essa, quem diria. E se você quer saber o que depois acontece, abra este livro e a viagem da leitura comece: Ué, mas como podem caber cinco girafas num foguete?

 
Farra no quintal

 
O que acontece quando se encontram um pato, um gato, e um rato num quintal sossegado? Acontece uma perseguição ou um passeiopelas flores? Pra saber o que aconteceu, peça que leiam a história pra você.

 
O jacaré bilé

 
Era uma vez um jacaré Bilé. Diferente de todos os jacarés daquele açude porque não conseguia      ficar acordado de dia. ele ficava bilé. Você só vai descobrir por que ele dormia sem parar, por que era bilé e que encrenca arranjou com a lua, lendo suas aventuras. Está curioso? então abra o livro, você vai se divertir muito. 


 
Tinha que ser comigo

 
Júlia está enfrentando um grave problema na escola ela é vítima de bullying. A situação chega ao limite quando as agressões de Valkíria e sua turma se espalham pela internet. Durante o ano letivo ela sofrerá muitas provocações e, entre erros e acertos, irá trilhar caminhos bem perigosos. Nesta jornada, Júlia contará com o apoio de poucos amigos para superar essa difícil fase e recuperar a confiança em si mesma.

 
A família de Sara

 
Sara tem uma família feliz, que a ama. Tem quatro primos, tio e tias, avô, avó, madrinha, mãe e dois irmãos. Além desses, que fazem parte dessa história, muitos outros parentes e amigos amam Sara e são igualmente amados por ela. Este é um livro que trabalha o papel da escola na aceitação de novos modelos de família. As crianças podem se expressar sobre suas relações familiares.

 
A nova vizinha

 
Este é o livro que apresenta Lia, a mais nova integrante da turma, que tem síndrome de down. Lia se muda para a casa bem ao lado da de Sara. A convivência das duas provocará empatia dos leitores por ela, que é uma vizinha doce e bastante especial.

 
A menina que gostava de saber

 
Este é um livro que trata da curiosidade infantil. É direcionado para crianças da educação infantil e primeiras séries do ensino fundamental. É a história de uma menina muito especial. Este livro foi escrito por Gisele Gama Andrade, doutora em Lingua Portuguesa e pós-doutora em avaliação, que ao longo da história tem coordenado avaliações em larga escala nacionais e internacionais e que tem comprometimento muito sério e efetivo a mais de vinte anos com a educação brasileira. Este livro foi ilustrado por Ronaldo Santana desenhista de ilustrações, animações e histórias em quadrinhos. Com sua sensibilidade, conseguiu capturar, em seus desenhos, os sentimentos de Sara e de suas aventuras.

 
A grande confusão

 
Este livro discute o gerenciamento de conflitos. Sara se vê no meio de uma briga entre suas duas grandes amigas de escola: Luana e Rafaela. Ela vai precisar aprender a lidar com a situação para manter a amizade das duas.


 
A nova escola de Sara

 
Este livro discute a relação da criança com a escola e os novos desafios da educação brasileira, a partir dos olhos da personagem Sara.

 
A doença de Sara

 
O livro A doença de Sara aborda os sintomas, o tratamento e a prevenção da dengue, zika e chikungunya, a partir da doença da personagem Sara. 

 
A cilada

 
Este livro discute a relação da criança com a escola e os novos desafios da educação brasileira, a partir dos olhos da personagem Sara.

 
O dia em que Felipe sumiu

 
Um lago poluído intriga uma turma de crianças curiosas, Dora, Hipotenusa, Farelo e Felipe. Como é o mais dramático e preocupado de todos, Felipe acorda um dia e resolve começar sozinho sua caçada para descobrir como e por que o lago ganhou toda essa sujeira. Foi bem nesse dia que Felipe sumiu! Em sua busca vão seus pais, seus três amigos, seu cachorro banguela, Tobias, um capitão de polícia e um cabo meio atrapalhado e de intelecto duvidoso. Mas, afinal, quem dará fim a toda a angústia da família? Dê uma paradinha rápida e descubra como esse mistério será resolvido

 
Reis, moscas e um gole de astúcia: contos de fadas para pensar sobre justiça

 
Ser justo é ser correto? Quem pode dizer se determinado ato é justo ou injusto? E se uma decisão for justa para uma pessoa e injusta para outra? Nos contos de fadas, a justiça marca presença. Às vezes, está concentrada nas mãos de reis e príncipes, que a exercem de acordo com os seus interesses. Em outros momentos, aparece nas atitudes de heróis e heroínas qu, a cada passo, devem fazer as próprias escolhas. Será que, em contos tão antigos e variados como os que estão neste livro, a justiça se parece com aquela que conhecemos hoje?

 
O incrível albúm de Picolina, a pulga viajante

 
Que as pulgas gostam de saltar ninguém duvida, mas que também adoram viajar, pouca gente sabe. Pois minha avó, pulga Picolina, quando jovem, rodou o mundo de cima a baixo, e de uma ponta a outra, fazendo fotos das suas incríveis aventuras. Picolina ouviu o canto do menino-cabeça-de-pássaro nas cataratas de Poddema, passeou pelo jardim de Cogumelos Gigantes da Momolésia, fez ciranda com as japones de Yoyô e dançou com os curumins do Temedauy. Hoje, ela está velhinha e vive sossegada atrás da orelha de um coelho preguiçoso. Mas quando as noites são muito frias e escuras, Picolina abre seu velho álbum para rever lugares por onde viajou. E ri sozinha do medo que sentiu pendurada na ponta do rabo do cavalo argentino, do vento forte que levantou sua saia em Yolanda e do gosto esquisito do mel da Serra das Abelhas-com-Topete. De todas as fotos do álbum, a sua predileta é a do mergulho no Mar del Plata. "Ah, o mar e seu chacoalhar...," suspira baixinho antes de dormir.

 
A memória do mar

 
Para escrever a memória do mar, Khaled Hosseini inspirou-se na história de Alan Kurdi, o refugiado de três anos de idade que emocionou o mundo após ter se afogado no mar Mediterrâneo quando tentava chegar à segurança da Europa. Numa praia em uma noite estrelada, um pai compartilha com filho lembranças da Síria de sua infância, Um país encantador que foi destruído pela guerra, obrigando não apenas aquela pequena família, mas milhares de outras, a juntar todos os seus pertences e embarcar rumo ao desconhecido. Uma prece de amor e esperança ricamente ilustrada, este livro é um presente  do autor para seus milhões de leitores ao redor do mundo.

 
E.T. o extraterrestre

 
Em E.T. - O extraterrestre, o menino Elliott encontra uma criatura muito diferente e descobre que seu novo amigo vem de outro planeta. Juntos, eles tentam achar um jeito de mandar o E.T. de volta para casa e, no caminho, aprendem importantes lições sobre coragem, amizade e o poder da imaginação. Esse clássico pop do cinema ganha agora a adaptação em livro ilustrado com o traço moderno e delicado de Kim Smith. Lançado em 1982, E.T. foi uma das primeiras obras a consagrar o diretor Steven Spielberg e imprimiu cenas memoráveis na cultura mundial, como a das crianças cruzando o céu de bicicleta, com a lua ao fundo.

 
A casa na árvore com 13 andares

 
Olá! eu sou Andy! Moro com meu melhor amigo, Terry, numa casa da árvore de 13 andares. Nela, nós dois vivemos fantásticas aventuras! Entre e venha se divertir com a gente! Andy e Terry moram na casa da árvore mais incrível do mundo! Ela tem 13 andares, pista de boliche, cipós, um tanque de tubarões devoradores, uma catapulta enorme, uma máquina que arremessa marshmallows, uma fonte de limonada e um laboratório subterrâneo ultrassecreto! Quem não gostaria de viver num lugar assim, não é mesmo? E tudo estava perfeito até os gatos voadores, os macacos arruaceiros, a sereia-monstro e o gorila gigante invadirem a casa da árvore! Dá para acreditar? Agora Andy e Terry precisam usar a imaginação e a inteligência para se livrar dessas encrencas... Mas será que eles conseguem proteger a casa e salvar o dia? Aventuras malucas, situações hilárias e muita diversão esperam você! Afinal, tudo pode acontecer na casa da árvore de 13 andares!

 
A lenda dos guardiões: o guia da grande árvore Ga’Hoole

 
Eu sou um Guardião de Ga'Hoole. Desta noite em diante, dedico a minha vida à proteção da raça das corujas." Com essas palavras, começa o juramento que transforma uma coruja em membro da Irmandade dos Guardiões da Árvore Dourada. Otulissa, a talentosa narradora das histórias deste livro, teve a sorte de estar presente em vários momentos gloriosos da Grande Árvore e também teve a honra de ser amiga dos mais valentes campeões. Como bondosa testemunha desses dias, Otulissa nos relata muitas curiosidades da vida, da história e do espírito de Ga'Hoole. Entre elas, o fato de que, além de ser dotada de honra, virtude e generosidade, uma coruja-cavaleiro deve passar por uma formação rigorosa, em que aprende desde princípios de navegação celestial até o manejo das poderosas cimitarras de gelo. Ela também conta a vida de alguns corajosos membros da Esquadra das Esquadras, como a de Crepúsculo, que, após encontrar um misterioso scromm cinzento, descobriu a sua verdadeira origem. E ainda tem muito mais: as principais festas e comemorações do calendário das corujas - como a noite do Nimsy, quando se assam deliciosos caracóis grudentos - e as inúmeras atividades do dia a dia das corujas - que começam sempre com o Primeiro Lavanda, quando o sol surge no horizonte...Mergulhe neste guia e faça uma mágica jornada pelo mundo encantado de Ga'Hoole e inspire seu coração com feitos bons e nobres.

 
Capitão incrível 1: ao resgate

 
Eugênio Magalhães é um menino de 8 anos que tem uma imaginação muito fértil e adora histórias em quadrinhos e super-heróis! E também tem um segredo gigantático: ele é simplismente o Capitão Incrível! E, como diria o próprio incrível: esse garoto é Po-de-ro-so! Acompanhe como esse ultramegassuper-herói vai fazer para resolver o sumiço do turbo, o hamster de estimação da classe. Com a ajuda do seu melhor amigo, o Homem Nacho de Queijo, o Cpitão Incrível vai desmacarar a vilã Mocinha Rosinha Fedegosa e provar que a garota mais irritante da escola está por trás de tudo! Os malvados da Vila do Sol que se cuidem! É que Eugênio Magalhães, o mais extraordinário, o mais poderoso, o mais inacreditável super-herói de todos os tempos, chegou à cidade! Sim, o Capitão incrível está na área!

 
Clube dos detetives: um copo de veneno

 
Seja bem-vindo ao Clube dos Detetives! Entre pela chaminé e participe da nossa reunião. Os moradores do número 11 do Beco Voltaire têm uma grande paixão por livros policiais e um faro de verdadeiros investigadores. Por isso eles fundaram o Clube dos Detetives! E, graças aos irmãos Annette e Fabrice, eles tÊm em mãos seu primeiro caso: o sr. Deloffre é acusado de duplo assassinato, porém os jovens não acreditam que ele seja culpado. Ainda mais quando o sr. Deloffre escapa por pouco de ser atropelado por um autom'vel desgovernado. Sorte, azar ou MUITA coincidência? Contando com a ajuda do advogado Janvier, do carteiro Victor, do jovem Lalou, da senhora Barduchon e seu filho, o grupo secreto embarca em uma aventura que vai se rornar um verdadeiro quebra-cabeça! Com direito a altas doses de veneno, uma condessa misteriosa e reviravoltas para lá de inusitadas. Nossos detetives amadores precisam estar atentos aos detalhes, ás pistas e aos perigos para desvendar esse caso antes que algum inocente seja a próxima vítima! Mas será que eles têm o que é preciso para serem detetives de verdade?

 
O amuleto: guardião da pedra

 
Dois anos depois de uma tragédia na família, Emily, Navin e a mãe deles tentam recomeçar a vida numa casa muito antiga, que pertenceu ao bisavô das crianças. Lugar está abandonado desde o misterioso desaparecimento do proprietário. Durante a mudança, Emily encontra um estranho colar em meio aos pertences do bisavô. Ela nem desconfia, mas se trata de um amuleto que pode decidir o destino de um mundo fantástico. Quando uma assustadora criatura sequestra a mãe das crianças, Emily e Navin não têm outra opção a não ser seguir o monstro e entrar naquele universo  desconhecido. Lá, eles vão conhecer seres incríveis e enfrentar perigos inimagináveis. Em pouco tempo, os dois irmãos irão descobrir que não estão naquele lugar por acaso e que libertar a mãe será apenas o primeiro passo rumo à maior de todas as aventuras.

 
Memórias agudas e crônicas de uma UTI

 
Numa UTI luta-se dia e noite para recuperar a saúde dos doentes graves, o mundo dá as suas voltas e a vida, em sua essência, continua percorrendo o seu trajeto. Tudo pode acontecer nesse ambiente.A esposa que deseja engravidar do marido em coma. O sexólogo que transforma a semi-intensiva em sala íntima. A senhora que só aceita se submeter a uma cirurgia arriscada após confidências a um antigo conhecido. O jovem casal que vive paixão e sexo no leito de UTI Essas são algumas das pitorescas e emocionantes histórias narradas por Elias Knobel, médico cardiologista e chefe-fundador do Centro de Terapia Intensiva do Hospital Israelita Albert Einstein. Ao fim do livro, a sensação de ter vivido junto com cada personagem as angústias, as manias, as alegrias, as lembranças e as paixões. Tudo isso com a intensidade de quem está com a vida por um fio Memórias Agudas e Crônicas de uma UTI é um livro sobre a alma humana, interessante do início ao fim. Quando termina o último caso, dá pena, dá vontade de ouvir mais.


X
RECUPERAÇÃO DE SENHA
E-mail:
Preencha o campo acima com seu e-mail de cadastro para receber uma nova senha.
Ok