icone whatsapp

Brincando e vivenciando arte

Brincando e vivenciando arte

As brincadeiras fazem parte do aprendizado e do desenvolvimento das crianças. Com elas as crianças podem reproduzir o seu cotidiano, usar sua criatividade e comunicação e estabelecer aprendizados para a vida toda de forma leve.

Os alunos do 1º ano do Período Complementar conheceram a vida e obra do artista Ivan Cruz, com o intuito de resgatarmos brincadeiras tradicionais. A primeira obra apresentada ao grupo foi “A praça”.

Monitora: Vocês conhecem alguma dessas brincadeiras?

Lara: Essa eu brincava no quintal da minha avó!

Monitora: E qual é o nome dela?

Lara: Pula sapo!, referindo-se a brincadeira Pula Cela. Olha! Tem ciranda, cirandinha!

Monitora: E como eram realizadas essas brincadeiras?

Mariana: Na rua!

Monitora: E essas brincadeiras são de agora, são atuais?

Mariana: São brincadeiras antigas!

Monitora: O que são brincadeiras antigas?

Mariana: São aquelas brincadeiras que não usam coisas eletrônicas.

Olhando as pinturas que estão expostas, Marina observa um detalhe que chama a sua atenção.

-Prô, as crianças pintadas não têm rosto!

Monitora: Ele as pinta sem o rosto porque quer que as crianças se imaginem brincando!

 

E entre uma brincadeira e outra as crianças se divertem, soltam a imaginação, criam “obras” e, usando sua criatividade, interagem entre si, resgatando memórias através do lúdico.

 

Neide Souza, Monitora

Vera Lucia Andrade, Assistente

Notícias Relacionadas

A descoberta da escrita

Os jogos de adivinhação são ferramentas que auxiliam no desenvolvimento da capacidade de compreensão e análise da escrita no processo de alfabetização.

Leia Mais